quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Carta para Jéu



Meu bem,

     Quando se ama é assim. A gente parte já pensando em voltar. Na verdade, a gente nem quer partir, mas, se tem mesmo que ir, então a gente vai, mas com o coração partido, com a alma sangrando, pensando no que ficou para trás. Em quem ficou para trás.
    É apenas um dia de viagem, alguns quilômetros a nos separar, um ônibus, uma balsa... E ainda assim dói. Por mais que a viagem seja boa, a estrada verde, a brisa no ar seja fresca e as paisagens surreais, ainda assim ficam o apego, o encanto de uma vida a dois, a saudade que alfineta a carne, a ânsia pelo regresso, a sede das bocas doces que só se saciam nas mesmas bocas (e isso é lindo demais), a vontade de que o tempo passe veloz.
    Fica o nó na garganta pela palavra não dita, pelos beijos que deixaram de ser dados, pelos toques e carícias que não se concretizarão nesta noite fria de inverno, fica a cama vazia (uma ilha inóspita) faltando o que há de mais sagrado, o que há de mais completo, de mais perfeito. Você.
        Estou indo, mas me espera que já estou voltando para os teus braços, para o teu calor, para a nossa cama, para a tua primavera, para as nossas fantasias, pra ficar ao seu lado, para assistirmos filmes comendo pipoca, para matar a saudade que quer me matar, para acreditar e te amar até o fim.
Sandes
 

Dona Anésia [parte IV]

Clique na imagem para ampliá-la

Olá meus amigos! A Vovô mais querida da blogesfera está de volta, esbanjando sensualidade sinceridade! Quem me dera poder ser assim, sincero como ela. A sociedade clama a verdade, mas acho que ela não está totalmente pronta para entendê-la.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Smell



Uma semana perfumada para todos nós. Cheiro? Só os melhores: De amor, de fruta madura, de sexo ardente, de orvalho, de terra molhada de chuva, de bolo assando, de especiarias, de primavera, de amizade, de incenso lua, de roupa limpa, de maresia.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Uma Rodada com Sandes



Olá amigos Meio Desligados, estou aqui para convidá-los para  mais uma Rodada! Saquem só a perguntinha da semana:

"Eu não entendo qual o problema de vocês, homens. Mal conseguem dar conta de uma mulher e ficam sempre fantasiando com duas (ou mais!)... O que você tem a dizer sobre isso?"

huhauhahuauhua... Acessem o Feminices e Cia e confiram a resposta!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Ondas que vêm e que vão




"É agora ou nunca
Eu não vou viver para sempre
Eu só quero viver enquanto estou vivo..."

(Citação da canção It's my life - Bon Jovi)


Ouvi essa canção hoje à tarde e me pus a pensar no quanto, às vezes deixo de viver, de gritar, de dizer o que penso, só para não incomodar. Apenas para agradar. Eu estou aprendendo a viver, agora, aos 33 anos. [Liberdade ainda que tardia] Tenho deixado a minha marca, mas também tenho sido muito influenciado. Inspirações ímpares, que me fazem acordar, me temer e me achar. [Ah! Dona Anésia, a Senhora está me ensinando tanto...] Mas tem bem que ser assim, afinal, é a minha vida, pô. Meu coração é como uma rodovia aberta e eu tenho é que fazer do meu jeito. Enquanto eu ainda estou vivo!

 

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Dona Anésia [parte III]



Gente, a nossa velha conhecida está de volta, e desta vez, mais sincera do que nunca. Como sei que vocês curtem, espiem só! hahuauhauha!



terça-feira, 23 de agosto de 2011

Celebration!



Olá amigos, como vão as coisas? Vocês sabem o quanto gosto de estar dentre vós, o quanto eu prezo e estimo este espaço, mas a verdade é que está ficando difícil dar as caras por aqui, quanto mais visitar os parceiros, que fazem a alegria do Meio Desligado. É que voltei a dar aulas, paralelamente a minha função de militar, e o bicho tá pegando! Como não sei fazer um trabalho mediano, mergulho de cabeça naquilo que acredito, dessa forma, tenho me ocupado além do planejado, mas o bom em tudo isso é que está sendo bom demais voltar à ativa! Os resultados estão sendo positivos, já dá pra sentir. Bem, voltando ao cerne deste post, devo dizer que a minha ausência momentânea não é um prenuncio do fim. Pelo contrário! Passa longe disso. Então, aproveito o ensejo para comemorar com vocês o sucesso do Meio Desligado em seus 600 posts! É isso mesmo. E para dividir a minha alegria que é muito grande, dedico este selinho a todos vocês que fazem parte dessa trajetória! Leve-me contigo!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Uma Rodada com Sandes



Eaê turma? Prontos para mais uma Rodada? Vejam só a pergunta da semana:

Sandes, é verdade o que dizem por aí que, na hora "H" o homem não repara se a mulher tem estria, celulite ou se tem alguma gordurinha a mais? Ou isso é tudo mentira e o homem fica reparando em qualquer defeitinho que a sua companheira tenha?

Então, vamos lá no Feminices dar uma conferida e ver como me saí dessa?

http://blogfeminicesecia.blogspot.com/


sábado, 20 de agosto de 2011

Pra descontrair!


Uma tirinha para divertir e nos fazer rir um pouco. 
Excelente final de semana para todos. 
Beijo!


terça-feira, 16 de agosto de 2011

Dona Anésia [parte II]


A vida sem floreios, sem rodeios. Na real. Nua e crua!


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Uma Rodada com Sandes


Oi galera! Tudo bem? Vamos começar esta semana com o pé direito e com muita energia positiva para que possamos atrair bons fluidos? Então, não esqueçam que toda segunda feira é dia de "Uma Rodada com Sandes". Visitem o Blog Feminices e Cia e confiram a segunda edição de minha coluna! E hoje, responderei à seguinte pergunta, enviada por uma leitora anônima. Saca só:


Sandes, seja honesto e me responda: Porque os homens são loucos por sexo anal???


E aí? Querem saber como eu me saí dessa? Acessem o Feminices e Cia, no link abaixo, e descubram. Ao final da leitura, deixem um comentário, a sua perguntinha na aba "Envie sua dúvida para o Sandes" e de conferir qual dúvida feminina eu responderei na próxima segunda-feira! Passem lá!



sábado, 13 de agosto de 2011

O brilho de duas estrelas



Este post nasceu para homenagear duas pessoas essenciais em minha vida. 
Para, de uma tacada só, tocar dois corações. 
Amanhã, Dia dos Pais, é também o aniversário de minha irmã Ninha. 
Amo demais os dois e sinto que carrego um pouco de cada um dentro de mim. 

Dos quatro filhos, acho que Ninha é a que mais lembra a natureza de meu pai.
Teimosa, arredia, obstinada e arretada.
Ambos são impacientes e explodem por muito pouco.
Entretanto, escondem uma sensibilidade ímpar por detrás da casca grossa
Que nada mais é que um frágil mecanismo de sobrevivência.

Eu e Ninha, enquanto crianças e até adolescentes,
Nunca havíamos nos entendido muito bem
Até que crescemos, amadurecemos 
E descobrimos quantas afinidades possuíamos
Que sequer supomos onde estavam escondidas todo esse tempo.

Volta e meia eu lembro do quanto era bom estar ao lado dos meus
Mesmo tendo que dividir espaço, esforços, TV e tudo o mais.
Era tão difícil conviver e era tão bom ao mesmo tempo.
Tantos temperamentos diferentes convergindo em prol de um único ideal,
Que não tenho a menor dúvida, fora plenamente alcançado.

Com este post quero dizer Feliz Aniversário minha amada irmã!
Feliz Dia dos Pais, meu querido pai!
E dizer que é muito bom tê-los, aqui comigo, todos esses anos!
"Vida longa ao amor e à família"


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Dona Anésia [parte I]


A sinceridade pode doer!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Poema inacabado.



Ando pensativo, calado, taciturno. 
Ando pensando. Pensando e andando.
Pensando e comendo. Pensando e dirigindo.
Pensando e amando. Pensando e dormindo.

Ando só, sozinho.
E pela milésima vez penso.
Por que é tão difícil conjugar o verbo perdoar?
Por que é tão difícil dizer "me desculpa"?
[Como ignorar o grão de ervilha sob o colchão?] 

Mas continuo caminhando,
Por vezes inquieto e barulhento por dentro.
Com cara de alegre, com uma enorme dor por trás.
Mas eu sou brasileiro [Como diz a canção] e não desisto nunca.

Lembrei do texto abaixo e, agora, interrompo meu poema, 
Que seguirá, para sempre, inacabado. Como um grito preso na alma. Desculpe-me, mas vou calar-me. Não vou continuar. 
Finalizarei aqui, com esse texto lindo e profundo 
Que encontrei, certa vez, num blog, na web.
 
"Todo jardim começa como num sonho de amor. 
Antes que cada árvore seja plantada, 
Antes que cada lago seja construído, 
Ele precisa existir dentro da alma. 
Quem não tem jardins por dentro não cria jardins por fora
E nem passeia por eles."


segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Uma Rodada com Sandes



Êêêêêba! Finalmente chegou o tão aguardado dia da estreia de minha coluna! E nessa primeiro post, eu responderei à seguinte pergunta, enviada pela leitora Edi. Saca só:

Por que os homens são tão dependentes das mulheres? Não conseguem fazer nada sozinhos? Muitas vezes eu não vejo um casal e sim uma mãe e um "filho". A mulher tem que cuidar da vida dela, dos filhos e do filho mais velho, o marido. Não aceitam por completo a evolução, desenvolvimento e crescimento da mulher, mas não fazem nada sem elas. Por quê? Me esclareça!    
 
Então? Querem saber como eu me saí dessa? Acessem o Feminices e Cia, no link abaixo, e descubram. Não esqueçam de deixar um comentário após a leitura, a sua perguntinha na aba "Envie sua dúvida para o Sandes" e de conferir qual dúvida feminina eu responderei na próxima segunda-feira! Passem lá!
 
   http://blogfeminicesecia.blogspot.com/
 
 

sábado, 6 de agosto de 2011

Retratação



Estou a cá, a pensar no que tem acontecido debaixo de meus bigodes nas últimas horas. Estou tão empolgado e envolvido com a coluna que deixei que algumas águas turvas rolassem por debaixo da ponte. Pois bem! Em respeito aos meus seguidores, a minha esposa e aos diversos amigos por quem tenho a mais elevada estima, vim aqui, em público, retratar-me, já que tudo fora atirado ao vento na blogesfera, em alguns comentários totalmente inapropriados e desnecessários deixados por aqui. Vejam bem. Eu tenho o maior carinho por este blog. Ele é meu xodó, meu filho caçula, é o lugar onde, sem recusas, me dispo, e me junto a tanta gente boa e com energia positiva. O caso é que me entristeceu vê-lo tornar-se palco desses acontecimentos que não servem para nada, senão para semearem a discórdia. Mas enfim, Deus é mais forte que tudo e no final o verdadeiro amor sempre vence. Quero pedir, encarecidamente à comentarista anônima, que insiste em manter-se assim apesar de todos saberem de quem se trata, para que cesse esses tipos de comentários saudosistas de um amor que morreu há tantos anos já. Essa situação está ficando deselegante e insustentável. A história que vivemos foi bonita, interessante, mas que, pelo fato de o mundo ter dado as suas voltas, ficou no passado. E, sinceramente, eu nem gosto de remakes. Nosso relacionamento terminou de forma civilizada e, por esse motivo, tenho muito carinho por você, mas isso não te dá o direito de vir ao Meio Desligado despejar seus acessos de nostalgia. Não alimente falsas esperanças com lembranças que, apesar de bonitas, devem permanecer adormecidas na escuridão da memória. Você foi alguém muito especial para mim, há muito tempo, mas agora devemos seguir nossas vidas ao lado de quem realmente amamos. Desculpe-me caso tenha ficado ainda algum mal entendido entre nós, mas eu pensei que passados onze anos, nada mais estivesse sem desfecho. Espero que fique claro para você, que em nenhum momento criei este blog para conquistar ou resgatar amores antigos. Estou casado e feliz e espero que nada, nem ninguém, interfira ou destrua o que construí. Esteja à vontade para visitar este blog quantas vezes quiser e para tecer comentários após as leituras, contanto que sejam comentários pertinentes. Por gentileza, não fuja aos temas dos posts. O Meio Desligado é um blog aberto ao público e existe como uma extensão de mim. Serve para eu extravasar, sorrir, chorar e dizer ao mundo quem sou e a que vim.  Em dois anos de blogesfera fiz muitos amigos virtuais que são tão amados quanto os reais, e este é o meu real interesse em mantê-lo no ar. Fazer amigos. Amo a minha esposa e somente o amor dela me basta.  Seja feliz e aproveite a chance que a vida te deu de reconstruir a sua história com o seu marido. Não desperdice os presentes que Deus te reservou.


Tá num ritmo gostoso!



Oi gente! Tudo bem? Hoje enviei a primeira resposta, das muitas perguntas que já rolaram no Feminices, para a já famigerada coluna “Uma Rodada com Sandes”, que estreia segunda-feira. E devo confessar que está sendo muito legal todo esse processo de construção que se iniciou a partir do convite da Déia. Ah! Aproveito o ensejo para pedir desculpas aos leitores Meio Desligados se ultimamente só tenho falado nisso, mas é que está tudo tão recente, tão intenso e veloz, que me parece irresistível o mergulho. Nós estamos super empolgados com esse projeto e dispostos a fazer um trabalho bem interessante. Sem contar que a parceria com a Déia está sendo, para mim, uma grata surpresa. Bem bacana! As perguntas que já chegaram são hilárias e dão conta de manter a coluna no ar até, pelo menos, o final deste ano, mas eu ainda espero chegarem as perguntas de minhas seguidoras também, ora! Cadê vocês que ainda não deram as caras por lá? [...] À medida que vou lendo as perguntas e vou formulando as respostas, venho me deparando com dois dilemas interessantes. Falar de sexo e desejo sem ser vulgar e falar de amor e fidelidade sem ser piegas. Admito que preciso reconhecer a forma perfeita, a medida exata para abordar tudo isso, mas como disse, anteriormente, noutro post, este está sendo, dos desafios que já tive, o mais louco e o mais fascinante. E eu estou adorando tudo isso, rsrs. Espero que vocês também curtam o resultado e participem ativamente. Beijo!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Passa lá!



Turma, agora é à vera! “Uma Rodada com Sandes” vai rolar sim e vai ao ar quinzenalmente, no Feminices e Cia, com estreia prevista para o dia 08. Acessem o blog dela e confiram a apresentação carinhosa que a Déia fez para a minha coluna e confiram também uma entrevista feita comigo. Ela é tão caprichosa e criativa que criou uma espécie de aba, logo abaixo do nome do blog, em que as leitoras podem clicar, preencher um breve questionário e enviar as perguntinhas para eu responder. Girls, a novidade está bombando mesmo e vocês nem podem imaginar o teor das perguntas que já chegaram, rsrs. Então vão lá! Acessem o link abaixo e visitem o Feminices e Cia, que além de minha coluna azul, tem muita informação cor de rosa por lá. Abraço e até breve!


http://blogfeminicesecia.blogspot.com/2011/08/uma-rodada-com-sandes.html#comments


Vamos rir um pouco?

 

Ato falho - A nojentinha do 5º andar



Marido chega em casa indignado e diz para a esposa loira:

- Encontrei aquele bestaloide do segundo andar se gabando de ser o maior  garanhão. Sabe o que ele me disse? Que já "papou" todas as mulheres aqui do prédio, menos uma.

E a esposa loira, prontamente, responde:

- Deve ser aquela nojentinha do quinto andar..., ô mulherzinha antipática.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Um punhado de testosterona!

 
http://blogfeminicesecia.blogspot.com/


Olá Turma Meio Desligada, tudo bem? Estou aqui para anunciar uma novidade. Este ilustre blogueiro que está convosco há dois anos, acaba de ser convidado pela queridíssima Déia, para ser colunista em um de seus blogs, o Feminices e Cia. E a minha participação nesse blog totalmente "feminino" será, justamente, acrescentar um pouco de testosterona para equilibrar tanto estrogenio e progesterona que rolam por lá! A minha coluna que se chamará "Uma rodada com Sandes, será, a princípio, quinzenal, e consistirá, basicamente, em responder às perguntas feitas pelas leitoras sobre dúvidas que pairam em suas cabeças sobre o universo masculino, onde poderei, também, criar posts exclusivos e que tratem dessa temática e de todas as suas nuances. Por enquanto, eu e a Déia estamos, ainda, em fase de ajustes, criando o banner, escolhendo os prováveis dias para a coluna e preparando a estreia. Estou ansioso, feliz e me sentindo muito honrado pelo convite, é bem verdade! Então, assim que a coluna for para o ar eu aviso para vocês. Ah! Antes que eu me esqueça, peço, sobretudo às leitoras Meio Desligadas, que dêem um pulinho lá no site da Déia para conhecer o espaço e, quem sabe, já começar a enviar as tais perguntinhas, rsrs. O link está logo abaixo da imagem, no início do post. Até breve!